Pular para o conteúdo principal

Cotidiano de lutas!! Duque de Caxias, cidade que movimenta cidades...

Olá amigos!

De volta por aqui, para trazer à vocês um panorama do que foram os últimos dias em Duque de Caxias, no que diz respeito à educação pública na cidade. Chegamos em setembro, avanços foram alcançados, mas ainda existem muitos conflitos e disputas políticas na região que acabam por trazer consequências desagradáveis aos alunos e à população em geral duquecaxiense, que precisa a cada dia se reinventar para conseguir garantir a permanência de seus filhos e crianças nas escolas municipais e estaduais da cidade. Podemos perceber que o que acontece por aqui, é o retrato de todo um sistema educacional público gerido de maneira inconsequente e negligente, por grupos que defendem a lógica do capital e vêem a escola pública como um local que não precisa ter qualidade, pois, o público atendido em sua maioria pela rede pública é composto de filhos da classe trabalhadora, logo, não querem que estes indivíduos tenham as mesmas possibilidades profissionais que tem os seus filhos, estudantes que são preparados para ocuparem cargos mais bem remunerados e, manterem assim, a desigualdade social que tanto percebemos em nosso país.
Graças ao trabalho de profissionais comprometidos com a mudança desta realidade cruel, é possível trazer para a realidade, histórias de superação destas barreiras, como a de jovens que, mesmo enfrentando muitos desafios em suas vidas, oriundos de lugares marginalizados por diversos problemas sociais, ainda assim, conseguem garantir uma vida mais digna para si e para as suas famílias.

Aqui não seria diferente, todos os dias, tenho tido notícias de histórias de sucesso destes indivíduos que foram à luta por seus direitos e hoje são exemplos para todos nós.

Bem, no dia 31 de julho uma sexta-feira, estive em mais uma Reunião do Conselho Comunitário de Segurança Pública de Duque de Caxias, que ocorreu no Parque Lafaiete no 1º distrito. Estiveram presentes também, figuras públicas, como vereadores e um deputado que é da cidade, além de moradores e pessoas de diversas áreas de atuação na cidade, até representantes do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia, escola federal que funciona na cidade há alguns anos, estiveram presentes fazendo as suas colocações e participando do processo de construirmos realidades mais positivas para os cidadãos duquecaxienses. No momento de minha fala, trouxe alguns dados da pesquisa que venho desenvolvendo há 4 anos, sobre a situação de 16 escolas no 2º distrito da cidade, onde tenho colhido dados sobre muitos aspectos que permeiam a educação na cidade, entre eles, o descumprimento do que a LDB institui que é a garantia dos 200 dias letivos nas escolas, o que só ocorre na rede privada no 2º distrito, fato que tenho acompanhando e, a cada ano, vem se repetindo sem que haja a intervenção do poder público, deixando nossas crianças, jovens e adultos sem acesso a mais este direito. Falei também sobre os casos de falta de profissionais nas escolas, um dos motivos pela falta dos 200 dias letivos. Pude falar também, sobre a polêmica das questões de gênero nas escolas, assunto que precisa sim, com muita urgência ocupar todos os espaços escolares para que possamos desconstruir esta onda de preconceito e desinformação gerada pelo radicalismo político e religioso que assola além de nossos representantes políticos, grande parte da população que não possui mecanismos confiáveis sobre o assunto e apenas repetem informações levianas e incoerentes! 
Precisamos parar com isso, pois, diariamente pessoas são agredidas e até mortas por questões de gênero, posição política ou religiosa em nossa cidade, por isso, é necessário buscarmos sempre a lógica pelo respeito às opiniões e escolhas, pois, não temos o direito de intervir nas questões particulares de cada um.
Após fazer a minha fala, alguns políticos ali presentes, tentaram construir um discurso de explicação para os problemas que relatei, mas, como sabemos, na prática eles ficam longe de serem eficientes no que diz respeito de atender a população com o respeito que ela merece e, ficam em seus cargos para juntarem fortunas e manterem uma posição social de poder econômico.
Vivemos um momento positivo de nossa democracia, onde temos acesso a notícias de vários meios de comunicação e não podemos aceitar tudo que nos chega sem ao menos analisarmos o que foi noticiado. A internet atualmente, tem sido um ótimo instrumento de propagação de lutas pelos direitos e cobranças por soluções para os problemas que enfrentamos. Então, meu caro leitor e amigo, saia do lugar comum e venha para esta luta que também é sua, a luta por direitos!

Agora, algumas imagens dos eventos que tenho marcado presença! Até breve pessoal!!







Paz e Bem!

Comentários

  1. PARABÉNS. Se tivéssemos muitas pessoas agissem assim, talvez mudássemos a realidade cruel da Educação brasileira.

    ResponderExcluir
  2. PARABÉNS. Se tivéssemos muitas pessoas agissem assim, talvez mudássemos a realidade cruel da Educação brasileira.

    ResponderExcluir
  3. PARABÉNS. Se tivéssemos muitas pessoas agissem assim, talvez mudássemos a realidade cruel da Educação brasileira.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião!

Postagens mais visitadas deste blog

Sequência Didática - Língua Portuguesa

No trabalho a seguir, demonstrarei exemplos de como podemos trabalhar nas séries iniciais do ensino fundamental, com o auxílio do recurso de Sequências Didáticas. 
No link a seguir, estão as dicas e princípios que devemos seguir ao utilizar esse método nas séries inciais do ensino fundamental que pode também servir para outras disciplinas além da Língua Portuguesa.
http://escrevendo.cenpec.org.br/index.php?view=article&catid=23%3Acolecao&id=212%3Asequencia-didatica-e-ensino-de-generos-textuais&option=com_content&Itemid=33

Desse modo, otrabalho com seqüências didáticas permite a elaboração de contextos de produção de forma precisa, por meio de atividades e exercícios múltiplos e variados com a finalidade de oferecer aos alunos noções, técnicas e instrumentos que desenvolvam suas capacidades de expressão oral e escrita em diversas situações de comunicação, (Dolz, 2004).

Apresentando gêneros textuais      Série: 2º ano

Objetivos:
- Ampliar o conhecimento sobre a variedade de g…

Relatório de Estágio Supervisionado I Docência na Educação Infantil - UERJ 2013.2

Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Educação da Baixada Fluminense.



Curso: Pedagogia. Licenciatura nas Series Iniciais  do Ensino Fundamental e Educação Infantil.


Disciplina: Estágio I.



Professora:




Aluna: Dayse Alves.



Tema: Relatório de estágio I.


Duque de Caxias, 23 de janeiro de 2014.

SUMÁRIO
1.INTRODUÇÃO...............................................................................................3
2.DESENVOLVIMENTO.................................................................................4
3.CONCLUSÃO.................................................................................................7
4.APÊNDICE (PROJETO DE INTERVENÇÃO)...........................................9 5.

Relatório de Estágio Supervisionado no Ensino Fundamental 2014.1

Então pessoal, continuando o compartilhamento de minhas produções, posto o Relatório que acabei de entregar em cumprimento de uma disciplina da graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação da Baixada Fluminense FEBF-UERJ, que atualmente estudo.
Espero que seja útil !

Bons estudos e boas leituras!



Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Educação da Baixada Fluminense.



Curso: Pedagogia.



Disciplina: Estágio II Docência do Ensino Fundamental.



Professora:



Aluna: Dayse Alves.



Tema: Relatório de estágio II.




Duque de Caxias, 05 de agosto de 2014.

SUMÁRIO


INTRODUÇÃO



O presente trabalho tratará de demonstrar através de minha vivência e pesquisa, a experiência de estagiar na Escola Municipal**, situada em Jardim Primavera, bairro do 2º Distrito de Duque de Caxias, na turma do 1º ano, durante as tardes entre abril e junho de 2014. Apresentarei também, como exigência da Disciplina Estágio Supervisionado II a descrição e conclusões, bem como essa experiência podem enriquecer minha formação, c…