quinta-feira, 30 de julho de 2015

Reflexões sobre um dia de Sessão Extraordinária na Câmara do Vereadores de Duque de Caxias 24/06/2015

Aconteceu no último dia 24 de junho em Duque de Caxias, na Câmara dos Vereadores da cidade, numa tarde fria de inverno, uma Sessão Extraordinária convocada por vereadores que precisavam neste dia, votar o documento final à cerca do Plano Municipal de Educação, documento este, construído em colaboração com diferentes atores sociais em conferências municipais e palestras em todos os distritos da cidade. Bem, o fato que mais chamou atenção neste episódio de hoje, é a polêmica à cerca de estarem em algumas metas e ações do PME, palavras e termos à cerca de questões de gênero, sexualidade... Aí é que mora o problema!
Estiveram presentes a esta sessão, 18 vereadores dos 27 que a cidade tem atualmente, deste presentes, 1 votou à favor da permanência dos termos que falam sobre Sexualidade, Gênero e Etnia no PME e os outros 17, votaram contra a permanência do documento da maneira que foi elaborado de modo colaborativo e democrático. Assim, percebemos a urgência de discutirmos em todas as esferas desta sociedade, sobre que tipo de pessoas estamos formando para no futuro levarem a diante suas vidas, sonhos, aspirações e principalmente, que tipo de cidadão esta escola pública ou particular da cidade de Duque de Caxias está formando senão é discutido neste espaço este e outros assuntos??
Muito me desapontou ver a mobilização interesseira de alguns líderes religiosos que convocaram verdadeiras manadas de fiéis, convocados também pelos vereadores que aprovaram a distorção do documento o PME em função do arrendamento de votos para a eleição do ano que vem.
Os profissionais da educação que se fizeram presente foram totalmente desrespeitados, recebemos insultos dos mais variados possíveis, porque estávamos defendendo a educação Laica, Libertária e sem interesses particulares.
Estiveram comigo também, 3 dos meus 4 filhos, que muito ajudaram a somar nesta luta que enfrentamos lá na Câmara, e a cada dia, que é uma nova batalha para que não se calem diante de tantas distorções e mazelas!
Após esta situação inaceitável de extremismo religioso, ignorância e de descaso pelas decisões dos cidadãos que participaram de conferências municipais de educação até chegar ao documento final, encerro aqui esta postagem, demonstrando todo o meu repúdio à qualquer forma de opressão!!!!
Por uma sociedade mais livre e igualitária!
Paz e Bem!

Meu amores e companheiros de luta, Dafne, Elisa e João Pedro!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe aqui sua opinião!