segunda-feira, 4 de novembro de 2013

A abordagem dos gêneros textuais nos livros de língua portuguesa dos anos iniciais do ensino fundamental - Leila Britto de Amorim &Fabiane Vieira da Silva& Telma Ferraz Leal.

Uma tema complexo como a própria alfabetização que requer estudo, conhecimento das etapas por quais passam as crianças e as fases que apresentam. O texto cujo é o título desta postagem, nos traz uma rica pesquisa com reflexões sobre a abordagem da língua portuguesa nas séries iniciais do ensino fundamental, procurando investigar os procedimentos didáticos de inserção dos gêneros textuais nos livros didáticos da coleção "Português uma proposta para o letramento", de Magda Soares (2004).
Fazendo uma conexão com o texto lido, pude perceber que ao ser alfabetizada, contei com os mais variados recursos textuais disponíveis na época, o que hoje analiso em grande parte pelo esforço da professora, que sempre foi dedicada e trazia atividades que consistiam em escrever bilhetes, cartas, poesias,
descrições de lugares, caminhos que passávamos no trajeto de casa para a escola, redações que sempre eram lidas por todos , seminários que no primeiro ano de escola pública, já ao final deste ano, estava lendo e escrevendo de modo que já conseguia me comunicar por escrito. Assim, concordo com os resultados apresentados sobre  a evidência de que há grande diversidade de gêneros textuais em todos os livros, os quais são abordados em uma perspectiva sociodiscursiva, favorecendo uma mestria dos gêneros e das situações didáticas são organizadas de modo a levar os alunos a pensar sobre as características do gênero em foco. Daí a importância de oferecer ao aluno em fase de alfabetização, os mais variados recursos textuais, o que o levará perceber os diversos elementos que permitirão o entendimento das mensagens e códigos apresentados nos gêneros textuais em estudo.


"Tem gente que pensa: Sou professor, não tenho mais que estudar...Não sabem que ser educador exige não parar de estudar nunca"!

                                               Dayse Alves.