Pular para o conteúdo principal

ATIVIDADES 5ºANO


Data:03/07/2012
Professora: Dayse
Nome:_____________________________ 5º ano
Disciplina:História
*Leia o texto e responda as questões em seu caderno.
               DIA 2 DE JULHO-DIA NACIONAL DO BOMBEIRO
Os Corpos de Bombeiros Militares são corporações cuja principal missão consiste na execução de atividades de Defesa Civil, Prevenção e Combate a Incêndios, Buscas, Salvamentos e Socorros Públicos no âmbito de suas respectivas Unidades Federativas. Desde 1915 são considerados Força Auxiliar e Reserva do Exército Brasileiro, e integram o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social do Brasil. Seus integrantes, assim como os membros das Polícias Militares, são denominados Militares dos Estados pela Constituição Federal de 1988.
Histórico
Os primeiros bombeiros militares surgiram na Marinha, devido os riscos de incêndio nos antigos navios de madeira; porém, eles existiam apenas como uma especialidade, e não como Corporação. A denominação de bombeiros deveu-se a operarem principalmente bombas d’água, toscos dispositivos em madeira, ferro e couro.
No Brasil, a primeira Corporação de Bombeiros foi criada pelo Imperador D.Pedro II em 1856. No início ela não possuía caráter militar, e foi somente em 1880 que seus integrantes passaram a ser classificados dentro de uma hierarquia militarizada. Devido as afinidades culturais e linguísticas com a França, a Corporação passou a adotar como modelo os Sapeurs-Pompiers de Paris; os quais eram classificados como Arma de Engenharia Militar, e organizados para servirem como pontoneiros ou sapadores quando necessário.Até o fim do Império essa foi a única instituição de bombeiro militar existente.
Com a Proclamação da República, os Estados que possuíam melhores condições financeiras passaram a constituir seus próprios Corpos de Bombeiros. Ao contrário do Corpo de Bombeiros da Capital Federal, que desde o início fora concebido com completa autonomia, essas Corporações foram criadas dentro da estrutura das Forças Estaduais, antiga denominação das atuais polícias militares.
Em 1915 a legislação federal passou a permitir que as forças militarizadas dos Estados pudessem ser incorporadas ao Exército BrasileiroOs Corpos de Bombeiros Militares são corporações cuja principal missão consiste na execução de atividades de Defesa Civil, Prevenção e Combate a Incêndios, Buscas, Salvamentos e Socorros Públicos no âmbito de suas respectivas Unidades Federativas. Desde 1915 são considerados Força Auxiliar e Reserva do Exército Brasileiro, e integram o Sistema de Segurança Pública e Defesa Social do Brasil. Seus integrantes, assim como os membros das Polícias Militares, são denominados Militares dos Estados pela Constituição Federal de 1988.



Fone 193.PNG
Telefone de Emergência
Em todo o Brasil o número do telefone de emergência é único e gratuito.
Especializações
Embora o Corpo de Bombeiro tenha a imagem tradicionalmente associada ao combate a incêndios, há muito tempo essa atividade deixou de ser sua única missão. Desde a década de trinta o CB executa uma ampla variedade de atendimentos especializados.
Treinamento de salvamento em altura realizado pelo Corpo de Bombeiros do Paraná.
  • Serviço de Guarda Vidas;
  • Combate a incêndios florestais;
  • Salvamento aquático;
  • Resgate em altura;
  • Resgate em montanha;
  • Intervenção em incidentes com produtos perigosos; tais como: gáses, inflamáveis, substâncias tóxicas, etc.;
  • Vistorias técnicas das condições de segurança em edificações, estádios, ou qualquer outro local de grande concentração de público;
  • Serviço de Atendimento Pré-Hospitalar.
Serviço de Atendimento Pré-Hospitalar
O atendimento pré-hospitalar é atualmente uma das principais atividades do CB.
Ele objetiva atender às vítimas de acidentes, procurando dar socorro imediato adequado e condições ideais de transporte aos hospitais; a fim de evitar o agravamento das lesões e melhorar as condições de sobrevivência do acidentado.
O atendimento é voltado exclusivamente ao trauma (as demais emergências médicas são atendidas pelo SAMU); tais como: acidentes de trânsito, atropelamentos, ferimentos por arma de fogo ou arma branca, queimaduras, soterramentos, acidentes de trabalho, ou ainda problemas clínicos com risco iminente de vida.
As equipes são formadas por médicos e bombeiros socorristas.
O médico é um profissional da área de saúde formado por uma Faculdade de Medicina, e que presta plantão de atendimento junto ao Corpo de Bombeiros.
O Socorrista é um bombeiro formado e treinado através de um curso específico, para dar suporte básico de ajuda. Ele atua sob supervisão médica, direta ou à distância, fazendo uso de materiais e equipamentos especializados.





Finalidades
  • Participar da formulação, acompanhamento e avaliação das políticas e diretrizes nacionais relacionadas com a Defesa Civil, Segurança Pública, Defesa Social e atividades específicas dos Corpos de Bombeiros Militares, propondo medidas e ações, colaborando ainda nas suas implementações;
* Acompanhar, em articulação com os órgãos competentes, a implementação da      política nacional de Defesa Civil, Segurança Pública e Defesa Social e contribuir   para a correspondente formulação de ações em nível regional;
  • Indicar os representantes dos Corpos de Bombeiros Militares do Brasil em conselhos, comissões, grupos de trabalho, audiências públicas e outros eventos promovidos em âmbito nacional;
  • Buscar o provimento eficaz e eficiente de ações de Defesa Civil e Segurança Pública, visando ao pleno atendimento dos anseios da sociedade para a manutenção da paz social;
  • Promover e intensificar a aproximação com os órgãos federais pertinentes, visando à integração de esforços, no sentido do exercício de sua representatividade política e jurídica;
  • Promover intercâmbio com organizações nacionais e internacionais objetivando o aprimoramento técnico-profissional e científico dos Bombeiros Militares Estaduais e do Distrito Federal.
  • Promover estudos e pesquisas interdisciplinares nas áreas de prevenção, combate a incêndio, busca e salvamento, perícia de incêndio, socorro em emergências médicas pré-hospitalar e outros;
  • Apoiar a Secretaria Nacional de Defesa Civil (SNDC) nas ações de atendimento a grandes sinistros no território nacional, bem como apoiar os Corpos de Bombeiros Militares dos Estados e do Distrito Federal, no treinamento e logística;
  • Promover a padronização de normas técnicas contra incêndio e pânico, busca e salvamento, perícia de incêndio, emergência pré-hospitalar, bem como a elaboração e distribuição de leituras selecionadas.
*Questões:
1-O que comemora-se no Brasil em 2/07?
2-Qual a principal missão do Corpo de Bombeiros?
3-Como surgiram os primeiros bombeiros militares ?
            4-Porque eles são chamados de bombeiros?
            5-Quem criou a primeira corporação dos bombeiros?Em que ano?
            6-Segundo o texto, qual o número do telefone dos bombeiros?
            7-Escreva dois exemplos de especializações dos bombeiros:
            8-O que é o socorrista?
             9-Escreva uma finalidade  do corpo de bombeiros:


                                                                                                              VOCÊ É CAPAZ!
           

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Sequência Didática - Língua Portuguesa

No trabalho a seguir, demonstrarei exemplos de como podemos trabalhar nas séries iniciais do ensino fundamental, com o auxílio do recurso de Sequências Didáticas. 
No link a seguir, estão as dicas e princípios que devemos seguir ao utilizar esse método nas séries inciais do ensino fundamental que pode também servir para outras disciplinas além da Língua Portuguesa.
http://escrevendo.cenpec.org.br/index.php?view=article&catid=23%3Acolecao&id=212%3Asequencia-didatica-e-ensino-de-generos-textuais&option=com_content&Itemid=33

Desse modo, otrabalho com seqüências didáticas permite a elaboração de contextos de produção de forma precisa, por meio de atividades e exercícios múltiplos e variados com a finalidade de oferecer aos alunos noções, técnicas e instrumentos que desenvolvam suas capacidades de expressão oral e escrita em diversas situações de comunicação, (Dolz, 2004).

Apresentando gêneros textuais      Série: 2º ano

Objetivos:
- Ampliar o conhecimento sobre a variedade de g…

Relatório de Estágio Supervisionado I Docência na Educação Infantil - UERJ 2013.2

Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Educação da Baixada Fluminense.



Curso: Pedagogia. Licenciatura nas Series Iniciais  do Ensino Fundamental e Educação Infantil.


Disciplina: Estágio I.



Professora:




Aluna: Dayse Alves.



Tema: Relatório de estágio I.


Duque de Caxias, 23 de janeiro de 2014.

SUMÁRIO
1.INTRODUÇÃO...............................................................................................3
2.DESENVOLVIMENTO.................................................................................4
3.CONCLUSÃO.................................................................................................7
4.APÊNDICE (PROJETO DE INTERVENÇÃO)...........................................9 5.

Relatório de Estágio Supervisionado no Ensino Fundamental 2014.1

Então pessoal, continuando o compartilhamento de minhas produções, posto o Relatório que acabei de entregar em cumprimento de uma disciplina da graduação em Pedagogia pela Faculdade de Educação da Baixada Fluminense FEBF-UERJ, que atualmente estudo.
Espero que seja útil !

Bons estudos e boas leituras!



Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Faculdade de Educação da Baixada Fluminense.



Curso: Pedagogia.



Disciplina: Estágio II Docência do Ensino Fundamental.



Professora:



Aluna: Dayse Alves.



Tema: Relatório de estágio II.




Duque de Caxias, 05 de agosto de 2014.

SUMÁRIO


INTRODUÇÃO



O presente trabalho tratará de demonstrar através de minha vivência e pesquisa, a experiência de estagiar na Escola Municipal**, situada em Jardim Primavera, bairro do 2º Distrito de Duque de Caxias, na turma do 1º ano, durante as tardes entre abril e junho de 2014. Apresentarei também, como exigência da Disciplina Estágio Supervisionado II a descrição e conclusões, bem como essa experiência podem enriquecer minha formação, c…